sexta-feira, 19 de março de 2010

O acordo

De todas as baboseiras capazes de me tirar do sério a que mais me irrita e deprime é pesadelo.
E eles aparecem por aqui, nessa cabeça cheia de cacos, com uma frequência infeliz.
Eu odeio, choro no começo da manhã, penso nos significados implícitos, e concluo que aquilo não presta pra nada a não ser me amolar.
Então agora, depois de uma noite infernal, venho aqui registrar minha profunda insatisfação com essa perseguição da minha mente.
Quero propor paz.
Vou me esforçar e tentar mandar pra longe minha mania de fantasiar, especialmente sobre coisas ruins, e espero que assim os vazios sejam preenchidos de coisas um pouco mais agradáveis.
Tudo por noites melhores.
E pelo direito de sonhar.

4 comentários:

AMÉRICO, Tassyane disse...

Achei! Adoro o blog Quitutes Gostosos e através dele encontrei A Sopa de Letrinhas... Bom demais! Beijos

amanda. disse...

le, o baile de formatura do seu irmao vai ser dia 10 de abril ne?

EU VOU!

Maíra disse...

Ahhhhh, eu preciso de um acordo desse também, Lê.
Não tenho pesadelos constantemente (ainda bem!), mas quando tenho estraga meu dia.Fico tentando entender até me vencer pelo cansaço e me deixar convencer que foi um pesadelo e nada mais.

Espero que tenha bons sonhos de hoje em diante. hehehe :*

Gabriela disse...

É, o pesadelo tem um plano, que é destruir nosso direito líquido e certo de admirar a noite com os olhos virados para dentro de nós mesmos.