segunda-feira, 31 de março de 2008

A carta.

Quando ela tentou ligar e não conseguiu,
correu na gaveta de cima e pegou uma folha em branco,
caneta em punho, foi escrever.
Não muitas linhas, apenas o suficiente.
Colocou todas as palavras no envelope,
juntou a elas o convite para uma agradável noite de casamento.
Fechou com cola. E mandou ele viajar, já pra Curitiba!

Ela só queria mesmo dizer que sente saudades.

Muita saudade.

3 comentários:

Fernanda disse...

ela vai amar!
:)
me manda teu endereço?
te amo
bj

amända. disse...

ah, cartas são tão emocionantes!
adoro recebê-las.

acho que todo mundo adora.

Carol disse...

não vejo a hora :D
a saudade está roubando meu ar, hoje principalmente..estava olhando arquivos de fotos nossa.
Qua saudade!