terça-feira, 24 de junho de 2008

3 coisinhas



Coisa 1:
Há algum tempo atrás me inscrevi em várias promoções de revista, cada uma oferecia um prêmio diferente: tênis, mochila, viagem, perfume, jóia, vestido, carteira...
Pra participar destes concursos culturais é preciso apenas se cadastrar no site da editora e fazer uma frase de acordo com o tema da promoção. Eu, naquela de ter esperança, inventei tantas frases que já nem me lembro delas. Sempre fui um desastre pra sorteios, bingos e sena. A única coisa que ganho é jogo de baralho... Mas se valer dinheiro eu saio sempre perdendo.
Mas eis que ontem saiu o primeiro resultado, valendo um vestido que a Aline Moraes usou na capa da revista Manequim (claro, no tamanho de quem ganhasse, e não do tamanho da Aline). E eu, que nunca havia participado de uma coisas dessas ganhei o vestido! Fiquei passada!!! Pode ir lá ver, no site da revista, em concursos culturais, tá meu nome!!! Meu nominho! Fiquei tão feliz! Claro que um vestido não vai mudar a minha vida... Mas eu ganhei! E isso é super legal!!!

Coisa 2:
Aproveitando o clima de sorte, vou me empenhar nos estudos essa semana. Sim, sim, estudar não tem nada a ver com sorte, mas já que o mar tá pra peixe, não custa dar uma forcinha... Presto concurso nesse domingo e no outro também. Dedos cruzados, e só volto depois que passar as provas. É por uma boa causa.

Coisa 3:
Meu amigo Thi, amigo da quinta série B, tem um blog tão legal. E esses dias me acabei de rir com um texto que deixo aqui pra vocês:

Como ser um autor de novelas

É fácil ser um autor de novelas.
Para ser alguém na vida, há que se mirar em vencedores.

Foi pensando nisso que elaborei esse dossiê sensacional e bastante simples com 5 dicas espertas para quem quer se tornar um autor de novelas mirando-se em autores já consagrados.
Aproveite e boa sorte em sua obra!

1. A vida do homem do campo:

Crie personagens que vivem no interior do país e foque as questões agrárias. Como em O Rei do Gado, coloque um acampamento do MST em uma fazenda de cacau da novela Renascer. Depois, faça com que os italianos que trabalham nas plantações, como em Terra Nostra, vão todos para uma região inóspita do Brasil, como o Pantanal.

Autor que você deve se inspirar: Benedyto Rui Barbosa.

2. A vida de algum povo diferente:

Crie personagens que fazem parte de um povo e que fique dançando a toda hora. Como em O Clone, crie uma situação em que um assunto polêmico esteja em voga, como a criação de clones. Depois, faça com que o povo muçulmano, que só dança, envie a notícia do clone através da internet, como fizeram os ciganos em Explode Coração. Nunca se esqueça de que os ciganos também só sabem ficar dançando. Por fim, essa notícia chegará junto com a notícia de que imigrantes ilegais foram presos, como em América. Sempre se lembrando de que os personagens dessa novela também dançam a toda hora.

Autora que você deve se inspirar: Glória Perez.

3. A vida no Rio de Janeiro:

Crie personagens ricos que moram à beira de Copacabana. Coloque também um assunto polêmico e que tenha acabado de passar no Jornal Nacional, confundindo a cabeça do telespectador, que não sabe diferenciar a realidade da ficção. Trate assuntos do cotidiano, como homossexualidade, preconceito racial, celibato, alcoolismo, violência doméstica, trição, câncer, romance entre mulheres mais velhas e jovens rapazes, ciúme, entre outros. Lembre-se que, quanto mais se parecer com um jornal, melhor. Pode ser o texto mais mal escrito do mundo, mesmo assim vai ser a melhor audiência da casa.

Autor que você deve se inspirar: Manoel Carlos.

4. A vida num país calorento:

Crie personagens que não precisam usar camisa a maior parte da novela. Como em Quatro por Quatro, crie um bolo de relacionamentos, cuja história terá uma reviravolta com a chegada de um índio, como em Uga Uga. Lembre-se que todos os protagonistas devem estar com o peito à mostra, assim como em Kubanacan.

Autor que você deve se inspirar: Carlos Lombardi.

5. A vida de seres mitológicos:

Viaje na maionese e escreva uma história sobre vampiros, como Vamp e O Beijo do Vampiro. Vale também usar personagens paranormais, como em Olho no Olho. Melhor ainda se usar personagens celestiais, como em Um Anjo caiu do Céu.

Autor que você deve se inspirar: Antônio Calmon.


Pronto! Aí estão as dicas e seus respectivos autores. Agora, escrever uma novela está mais fácil que a banda Los Hermanos lançar um disco ruim.

A não ser que você queira mudar paradigmas e queira escrever uma novela diferente. Bem, aí o problema é seu... Periga de escrever uma trama rocambolesca como a dos mutantes da Record. Só que, para isso, você precisa ser bastante lelé.


7 comentários:

Finito Carneiro disse...

Meus parabéns pelo vestido!
Esse post me lembrou de uma camiseta do Rock Gol que eu ganhei duma promoção da revista da MTV.
É tão legal!

amända. disse...

ai.. eu também nunca ganhei nada.
so uma vez, numa festa no sitio do meu avô, houve um bingo e eu ganhei duas vezes seguidas.
estava de olho no liro de vinho, mas ganhei um capacho e um buque de flores de plastico.

AH, teve uma vez também, em um desfile "beleza negra" na bahia, tinha um sorteio e eu ganhei um VHS de um documentario sobre a vida de bob marley.
seria otimo se eu GOSTASSE de bob marley.
eu odeio reagge. odeio com todas as minhas forças.
ate tentei assistir o documentario umas 4 vezes, mas dormia antes da metade.

e le, boa sorte em todos os quesitos.
se concentra e estuda bastante.
estarei mandando boas vibrações.

abraços.

.Ná. disse...

Eu tbm queria um vestido, mas nunca ganhei nada! E... meu.. esse seu amigo fio ótimo! Eu morri de rir!
Boa sorte no fds.
Beijos

disse...

nossa, olha só a sincronicida:
essa semana a gente tava lendo sobre uma menina que ganha todos os concursos de frase que existem. é meio que a profissão dela. Ela chegou a ganhar 1º, 2º e 3º lugar numa mesma promoção de frases. Claro que para ganhar os três lugares ela mandou uma no nome dela, uma no nome do irmão e outra no nome da mãe.
:)
Que massa!
e qual foi a frase que vc inventou?
um beijo enorme
S.A.U.D.A.D.E.

Lydia disse...

Eu nuca ganho esses concursos... hehehehe...
Muito criativo esse teu amigo heim?
Beijão!

Lydia disse...

Tem um presentinho para ti lá no blog.

.Ná. disse...

Tem um Mimo no Soda pra ti!
Beijos